quarta-feira, 18 de novembro de 2009

A Leitura, cidadãos e pessoas, obrigação e poder


2ª Conferência Internacional Bibliotecas para a Vida | Évora | 18 Nov. | 10h30

A apresentação da comunicação sobre a intervenção da Direcção-Geral do Livro e das Bibliotecas, na sessão de abertura, pela sua Directora-geral Prof. Paula Morão, na área da Leitura pública.

A destacar: A literatura e os livros: refúgio e lugar de imaginação:
  • Ode aos livros que não posso comprar, Jorge Sena
  • A leitura, Ben Ammar
  • Poética, Eugénio de Andrade
  • As posições do leitor, Manuel Gusmão
  • Partícula 20, Gabriela Llansol
  • Estátua, Carlos de Oliveira
  • A casa perdida, Eduardo Lourenço
  • Fahrenheit 451, Ray Bradbury
Os bibliotecários devem formar leitores: melhor cidadão, melhor leitor - 2 faces da mesma moeda.
Vivam as bibliotecas vivas.

1 comentário:

Manuscritos Digitais disse...

O primeiro dia correu ás mil maravilhas... Continuemos.