terça-feira, 10 de julho de 2007

Blackle


Quando o monitor está todo branco (uma página do Word, por exemplo), o computador consome cerca de 74 watts. Quando está todo preto, utiliza, em média, 59 watts. Partindo deste princípio, há alguns meses atrás, Mark Ontkush escreveu um post, no seu blogue, sobre a economia que poderia ser feita se a página do Google possuísse um fundo preto em vez de branco. Levando em conta a altíssima popularidade do sítio, seriam economizados, segundo os cálculos de Mark, cerca de 750 megawatts/hora por ano. Em resposta ao post, o Google criou uma versão toda escura do seu search engine chamada Blackle.com http://blackle.com/, que funciona exactamente igual à versão original mas consome menos energia.

fonte: blogue elcoIron, autor Mark Ontkush

Vivam as bibliotecas vivas!

5 comentários:

Julio Anjos disse...

Eu estava a pensar trocar o meu Laguna por um Prious, mas parece que há gente com mais culpas no cartório que eu...

Anónimo disse...

Bela ideia para economizar os recursos...
Obrigado Luísa por partilhar este post e a informação...
Achei mt interessante e sensato do Google iniciar isso e colocar online...

José Pedro

MCA disse...

Não me parece que vá ser uma grande poupança mas... que é mais fashion, lá isso é :-)

Rui Vilela disse...

O Blackle não é da Google, no fundo tem um copyright da Heap Media.

É um pouco irrealista aquele contador dos watts poupados. Não é possível medir isso :)

Anónimo disse...

Existe tbm o http://www.googlepreto.com que agora redireciona para http://www.pretog.com

particurlamente gosto mais desse pretog por ser o mais completo